fbpx
Economizar: 5 dicas práticas

Economizar: 5 dicas práticas

O hábito de economizar não costuma estar no cotidiano dos brasileiros.

Segundo dados do Banco Central, o número de brasileiros com nome negativado chega a 62 milhões.

A instabilidade de emprego do brasileiro e a ausência de educação financeira na vida da população contribuem fortemente com esse cenário. Como não há um planejamento financeiro adequado, reduzir os gastos no dia a dia se torna uma tarefa mais difícil.

Ainda assim, é possível fugir da manada e aplicar algumas dicas que irão te trazer grandes retornos em termos financeiros.

Utilizar apenas um cartão de crédito

É muito comum que as pessoas utilizem mais de um cartão de crédito no dia a dia. Vários bancos, inclusive, oferecem cartões de crédito gratuitos para seus clientes. Mas cuidado, isso pode custar caro para você.

Ao colocar os seus gastos em mais de um cartão de crédito, fica mais fácil de perder a noção do volume das suas despesas. Desse modo, você fica vulnerável a gastar mais do que consegue pagar, contraindo uma dívida no rotativo do cartão de crédito, que possui juros altíssimos, de 12% ao mês.

Por isso, é recomendado adquirir apenas um cartão de crédito e administrá-lo com maior controle e precisão, possibilitando economizar mensalmente.

Ainda assim, se você possui dívidas com juros altos como os do cartão de crédito e os do cheque especial, é possível trocá-las por dívidas de juros baixos. Clique aqui para saber como.

Ficar atento às promoções: economizar automaticamente

Por mais que nós não saibamos, promoções estão sempre acontecendo nos supermercados à nossa volta. Geralmente, supermercados, hortifrutis e outras lojas relacionadas a compras da casa fazem promoções de determinados segmentos em dias específicos da semana.

Assim, basta identificar quando acontecem essas promoções nos locais de compra perto de você e adaptar sua rotina de compras a esse calendário.

Essas pequenas reduções nos gastos, quando feitas de maneira consistente, fazem uma diferença enorme no final.

Mas é preciso lembrar de uma coisa: não é porque está em promoção que é preciso comprar aquele produto. Equilibrar as suas necessidades reais de compra também será fundamental para efetivamente enxugar gastos.

Evitar comer fora com frequência

Principalmente no trabalho ou na faculdade, é muito cômodo comer fora. Seja para almoçar ou fazer aquele lanchinho da tarde, o fato é que essa despesa quase diária com comida aumenta muito o orçamento no final do mês e do ano.

Por isso, a opção mais vantajosa é levar a comida de casa. O custo de comprar os ingredientes, preparar a comida em casa e levar uma marmita para a faculdade ou trabalho pode ser até 8x menor do que o de comer em um restaurante. Sem dúvida, uma maneira muito efetiva de diminuir o orçamento quando aplicada com consistência.

Além disso, a comida preparada em casa costuma ser mais saudável e mais personalizada de acordo com o seu gosto, o que também são dois fatores interessantes a serem levados em conta.

Manter distância dos centros comerciais: chave para diminuir despesas desnecessárias

Um dos principais pilares para que haja redução nas despesas é fugir das compras desnecessárias, feitas por impulso.

Talvez a forma mais certeira de fazer isso é não frequentar com frequência os centros comerciais e espaços que reúnam muitos produtos e serviços supérfluos ao seu estilo de vida.

Ao evitar/diminuir o contato com esses locais, as chances de que você caia na tentação e fuja do orçamento planejado diminuem, o que vai ter permitir economizar ao longo do tempo.

Controlar despesas nas horas de diversão

Os momentos de diversão são essenciais para qualquer ser humano. E você não deve evitá-los jamais.

O que pode (e deve) ser feito é limitar os gastos nesses momentos. É comum que, em meio à empolgação, os indivíduos se descontrolem nos gastos e não pensem nas consequências futuras que aquilo pode acarretar.

Por isso, é altamente recomendado que, antes de sair, seja imposto um teto de despesa para esses momentos.

Ao definir, por exemplo, que não se pode gastar mais de 120 reais na boate com os amigos, você conseguirá desde o começo administrar essa quantia da melhor forma, já sabendo que não poderá passar desse teto.

Aplicando essas dicas no dia a dia, de maneira consistente, ficará muito mais fácil de diminuir o orçamento.

Para conhecer mais sobre a nossa plataforma, acesse https://www.somosunit.com.br.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×