fbpx
Empresário, isso vai melhorar a sua empresa e ajudar seus funcionários

Empresário, isso vai melhorar a sua empresa e ajudar seus funcionários

A necessidade das empresas em se atentar aos problemas que seus funcionários carregam consigo de casa para o ambiente de trabalho está cada vez mais evidente. E esse é um dos modos mais eficientes de melhorar a sua empresa.

Com 62 milhões de negativados no SPC e grande ausência de educação financeira no cotidiano da população, o desequilíbrio financeiro é definitivamente um dos problemas que mais perturba o bem-estar dos brasileiros tanto na vida pessoal, quanto no trabalho.

Este lastimoso cenário de superendividamento gera um acúmulo de situações conflituosas e desgastes (físicos e mentais) que logo respinga na capacidade produtiva, de relacionamento e de concentração de um profissional.

Produtividade vs. estresse financeiro

De acordo com uma pesquisa feita pela consultoria americana PWC, 40% dos funcionários se distraem devido às finanças e 35% têm sua produtividade afetada quando estão passando por dificuldades em relação ao dinheiro.

A título de exemplo, imagine a seguinte situação: certo funcionário de uma empresa tem boletos (já vencidos) a pagar, e os prazos perdem novamente a sua validade. Em complemento, esse indivíduo tem emergências financeiras (como a compra de fraldas para um filho) e já está atrasado para uma reunião na empresa.

Agora, pense com o racional: qual será o grau de concentração dessa pessoa para as suas atividades profissionais?

É assim que podemos encarar o estresse financeiro nas empresas: uma nuvem cinzenta que dificilmente vai deixar de pairar sob o trabalhador endividado enquanto ele se ocupa das suas responsabilidades na companhia.

O problema do crédito no Brasil

Mas mais do que isso, o problema do crédito no Brasil passa por uma situação estrutural. O fato é que hoje, apenas os quatro maiores bancos do país detêm quase 80% do mercado de crédito, de acordo com dados do Relatório de Estabilidade Financeira do Banco Central divulgado em outubro de 2018.

Esse oligopólio diminui a capacidade de competição da concorrência e ainda é uma das causas do alto spread (diferença entre o que o banco paga para captar recursos e o que cobra para emprestar) praticado no país. Não à toa, a taxa média de juros cobrada no cheque especial e no rotativo do cartão de crédito fecharam 2019 acima de 300% ao ano, de acordo com dados do Banco Central.

Todos esses fatores contribuem para esse cenário de endividamento extremo no Brasil.

Para se ter uma ideia, 3 em cada 10 brasileiros têm algum tipo de empréstimo contratado em bancos ou outras instituições financeiras. E segundo levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), do total de consumidores que recorrem ao crédito, 42% o fazem para quitar dívidas. Ou seja, esta é a principal finalidade do empréstimo no nosso país.

Soluções para melhorar a sua empresa

Identificando todas essas problemáticas e preocupadas com o bem-estar de seus funcionários, grandes empresas já vem adotando diversas medidas para reverter esse quadro e ajudar os empregados em sua vida pessoal e profissional.

Com o boom das fintechs (empresas que utilizam tecnologia para democratizar os serviços financeiros) no Brasil, diversas soluções já têm sido apresentadas ao mercado para educar os trabalhadores financeiramente e fornecer alternativas aos altíssimos juros dos empréstimos feitos pelos grandes bancos. E colocar educação financeira nas empresas brasileiras é algo urgente (clique aqui para saber porque).

A Unit, por meio do projeto Unit Educação, oferece às empresas parceiras uma Jornada do Sucesso Financeiro para seus funcionários. Por meio de workshops, cursos online e materiais impressos e digitais, a Unit consegue fazer o funcionário se educar financeiramente. Além disso, caso esteja endividado, ele consegue recorrer a uma linha de crédito consignado com taxas e parcelas de 4x a 8x mais baratas o que o mercado, podendo pagar as suas dívidas e assumir juros muito menores.

Tudo isso tem ajudado essas companhias a se desenvolver e criar um ambiente de trabalho e cultura saudáveis para seus colaboradores. E mais: são essas instituições, que colocam o bem-estar de seus funcionários em primeiro plano, que tendem a prosperar ao longo do tempo.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
× Whats App